Pensamentos que voam...


26/11/2011


Eu que nem esperava...

Eu que nem esperava nada

sem amar, nem ser amada

perder o sono de madrugada

rir feito desesperada

Fazer de um tudo o que era nada

Ver a vida transformada

Aqui me encontro desarmada

 

Eu que nem esperava mais

Encontrei em você minha paz

Me fazer feliz, você foi capaz

E eu te juro meu rapaz

Não te deixarei jamais

 

E eu que nem esperava sonhar

Cá estou a realizar

Algo que jurei deixar pra lá

A arte tola de gostar

De se deixar levar

de cada segundo contar

Só pra de novo te ver chegar

 

E eu que achei que não mais teria

Essa tal melancolia

Que há tempo não acontecia

que me contenta todo dia

Que me aquece na noite fria

que me faz esquecer que eu sofria

E quem chorava... agora sorria

 

Eu que nem esperava calor

Depois de tanto temor

Queria sarar essa dor

E seja lá o que for...

Não queria mais propor

Um fervoroso calor

um se doar sem pudor

Fazer da dor o amor

 

E eu que nem esperava

Acho que te guardava

E por você meu mundo dava

Apenas não recordava

Que de um sonho acordava

Pra viver enfim... o destino que Deus guardava

Eu que nem esperava, quando percebi já te amava.

Escrito por Marcia Costa às 17h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/11/2011


Plágio

Oi gente.

Está acontecendo muito:

http://amoreternoepaixao.blogspot.com/2011/11/voce.html?showComment=1321907322971#c5774574880328033053

http://www.fotolog.com.br/yasmimlage/21141987

Plagiando meus poemas. Se souberem de mais algum blog, me avisem, entrando com processos.

Grata

Marcia

Escrito por Marcia Costa às 18h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

05/11/2011


Aí vem você

Aí vem você

assim de repente

Me virando a mente

Me fazendo contente

 

Aí vem você

Com esse jeito criança

Trazendo lembrança

Me enchendo de esperança

Dizendo que o amor não cansa

 

Aí vem você

Com um sorriso sincero

Todo dia te espero

Porque agora te quero.

 

Aí vem você

Com esse lindo olhar

Fazedo poemas pra me encantar

Me fazendo acreditar

Que valhe a pena tentar.

 

Aí vem você

E me diz bem baixinho:

Só quero te encher de carinho

E o que era pra ser pouquinho

Acabou virando meu caminho

 

Aí vem você

Bagunçar o que eu arrumei

Roubar o coração que não te dei

Me fazer esquecer quando errei

Foi ontem, mas parece que sempre te amei.

 

Aí vem você

E eu espero que nunca se vá.

 

 

 

 

Escrito por Marcia Costa às 17h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/11/2011


Vivendo

Um segundo

tempo bastante

para mudar o mundo

 

Um minuto

Palavras bastante

pra um gostar absoluto

 

Uma hora

Pouco tempo

pra quem não quer ir embora

 

Um dia

Viver intensamente

Não ser mais vazia

 

Um mês

Tempo para saber

que sim foi melhor que  talvez.

 

Um ano

Poucos dias para 

viver amor sem angano

 

Uma vida?

Espero ser a cada segundo

E não deixar passar despercebida...

Escrito por Marcia Costa às 17h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sul, GUARAPUAVA, CENTRO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Informática e Internet, Arte e cultura, Balada, amigos
MSN - marcia4ever@hotmail.com

Histórico